CUIDADOS BÁSICOS COM OS PÉS

 

1. EXAMINE SEUS PÉS ATENTAMENTE TODOS OS DIAS

  •  Observe atentamente seus pés, verifique a presença de edema (inchaço), mudança da coloração, temperatura da pele, rachaduras, pele seca, descamação, fissuras, bolhas, calos, feridas, alteração nas unhas e micoses (frieiras);

  • Procure um serviço de saúde se observar ou sentir alguma alteração em seus pés;

  • Se for impossível verificar seus pés, utilize espelho ou peça ajuda para alguém.
     

2. MANTENHA SEUS PÉS LIMPOS

  • Lave diariamente seus pés em água corrente e morna (verifique a temperatura da água com as mãos), e evite deixá-los em imersão, pois poderá ressecá-los. Prefira sabão neutro.

  • Seque seus pés com cuidado, especialmente entre os dedos.

  • Use toalhas macias para secá-los.
     

 3. SEJA MAIS ATIVO

  • Converse com um profissional de saúde para planejar um programa de atividade física mais adequado para você;

  • Caminhar, dançar, nadar e andar de bicicleta são boas formas de atividade física que não agridem seus pés;

  • Evite atividades físicas que agridam seus pés, tais como: correr e pular. Quando você corre a pressão em seus pés pode aumentar 3 a 4 vezes;

  • Sempre faça aquecimento antes de iniciar a atividade física e relaxamento ao terminar;

  • Use roupas e calçados adequados à sua prática desportiva.
     

4. MANTENHA A CIRCULAÇÃO SANGÜÍNEA DE SEUS PÉS

  • Evite cruzar as pernas por longos períodos;

  • Movimente seus pés por cinco minutos, duas a três vezes por dia;

  • Movimente seus dedos abrindo e fechando, para cima, para baixo. Repita dez vezes;

  • Movimente seus pés e tornozelos para cima, para baixo, para dentro e para fora. Faça também movimentos circulares no sentido horário e anti-horário;

  • Lembre-se que fumar reduz o fluxo sangüíneo para seus pés. Peça ajuda para parar de fumar.
     

5. USE MEIAS E SAPATOS ADEQUADOS

  • Use sempre calçados macios, não use sapatos apertados e evite o uso de sandálias.

  • Prefira calçados de couro, solado mais espesso, ponta arredondada, salto baixo (de preferência até 4 cm), sem costuras ou rugosidades internas.

  • Verifique o interior dos calçados antes de usá-los.

  • Tenha o hábito de limpar os calçados internamente, expondo-os ao sol.

  • Procure alternar o uso de sapatos.

  • Use meias de algodão, de preferência sem costuras e confortáveis, evitando elásticos apertados e, no inverno, se necessário, use meias de lã.

  • Troque as meias diariamente, nunca remendando-as, e sim comprando meias novas.
     

6. COMPARTILHE COM SUA (EU) MÉDICA (O) OU ENFERMEIRA (O)

  • Dúvidas sobre alterações em seu pés, estes profissionais poderão ajudá-lo;

  • Procure formar o hábito de tirar os sapatos e as meias a cada consulta médica ou de enfermagem para serem examinados.
     

7. MANTENHA SEUS PÉS AQUECIDOS

  • Para aquecer os pés use meias de lã ou cobertor;

  • Evite o uso de bolsas de água quente, travesseiros térmicos ou escalda pés.
     

8. HIDRATAÇÃO

  • Passe um creme hidratante diariamente na parte superior (dorso) e inferior (planta) dos pés, evitando passá-lo entre os dedos;

  • Prefira cremes a base de lanolina;

  • Aproveite este momento para massagear seus pés.
     

9. CUIDADO COM AS UNHAS

  • Corte as unhas após o banho e sob boa luz, corte suas unhas em linha reta, utilizando tesoura sem ponta. As laterais não devem ser cortadas, assim provavelmente você evitará a formação de unhas encravadas;

  • Nunca utilize gilete ou canivete para cortá-las;

  • Mantenha suas unhas aparadas, procure formar o hábito de cortá-las pelo menos uma vez por mês. Use uma lixa para que as unhas permaneçam no comprimento adequado;

  • Ao cortar ou lixar as unhas, fique em posição confortável e mantenha os pés apoiados;

  • Evite retirar a cutícula, ela é a proteção da unha, e quanto mais se retira, mais cresce.  
     

10. HÁBITOS INADEQUADOS

  • Evite fumar e consumir bebidas alcoólicas.